Especializada em marketing digital!

Blog

Resultados de Marketing Digital para Médicos e Dentistas
Marketing digital

Tudo que você precisa saber sobre: Resultados de Marketing Digital para Médicos e Dentistas (Vídeo)

Resumo:Nós sabemos que resultado de marketing digital é algo que gera muito debate, por isso criamos um guia com Tudo que você precisa saber sobre: Resultados de Marketing Digital para Médicos e Dentistas.

Para facilitar sua leitura, você pode ir direto para o fim do post e assistir o vídeo, ou então, caso queira saber mais detalhadamente o que poderá ter de resultados, leia o post abaixo.


Resultados, resultados e resultados.

É algo que move a grande maioria das agências que realmente se preocupam e se dedicam a fazer um bom trabalho (Alô S+ Digital), mas também é um ponto que a grande maioria dos empreendedores, empresários e gestores têm desalinhado com a expectativa e realidade dos projetos.

Por que? Simples, eu te explico.


O que é Resultado?

Resultado é consequência, não é a causa.

Resultado é como o próprio nome já diz, um resultado. Portanto, entende-se que para atingir o resultado desejado, deve-se primeiro percorrer um caminho, para que somente então a gente possa chegar no tão sonhado resultado.

Tá, mas tem algo que muitos ainda não entenderam.. RESULTADO não é no singular, ele é sempre no plural, porque existem vários tipos de resultadoS.

Te digo já quais são os mais comuns em um projeto de Marketing Digital.

Mas, antes disso, vamos nos alinhar aqui que, qualquer projeto de marketing digital, tende a ter um funil, certo? Onde lá no topo temos pessoas que não conhecem uma empresa ou a solução que ela oferece e, a medida que essas pessoas vão percorrendo o funil, elas vão se qualificando para que no final, saiam novas vendas.

Até aqui, tudo beleza, certo?

Mais ou menos!


Tipos de Resultado de Marketing Digital
Tipos de Resultado de Marketing Digital

QUAIS OS TIPOS DE RESULTADOS EXISTENTES?

Para a grande maioria dos trabalhos que executamos, nós sempre listamos os seguintes tipos de resultados:

  1. Visibilidade
  2. Engajamento
  3. Relevância
  4. Referência
  5. Vendas

CONTEXTO:

Para que você possa gerar negócios através das mídias sociais, Google, email e afins, você precisa primeiro começar, depois, você terá a possibilidade de trilhar um caminho que pode levar de 30 a 180 dias para te trazer o primeiro resultado.

A gente precisa ser honesto com você, para que todo esforço e investimento valha a pena, estamos falando de pelo menos 6 meses, ok? Isso se você entrar no jogo também. Sim, você deve participar ativamente.

Após criar esse trilha que seus prospectos passarão, você começa a ter a possibilidade de chegar no último resultado, a venda.

Mas, antes disso, vamos te explicar cada um dos resultados e o que eles querem dizer.

Ok, agora que estamos alinhados, vamos analisar e debater sobre cada um desses tipos de resultados que podemos obter através do Marketing Digital.


Faça parte da nossa lista e receba nossos conteúdos em 1ª mão

Visibilidade:

Esse é o mais fácil de ser compreendido, porém, é um dos menos valorizados.

Não é devidamente valorizado porque não há como tangibilizar a visibilidade, a grande maioria das pessoas não consegue imaginar o que isso é de fato.

Por exemplo, veja a imagem abaixo:

Nessa mesma imagem vemos dois dos primeiros resultados que listamos acima.

Alcance é o mesmo que visibilidade, isso quer dizer que, durante os dias analisados, a marca apareceu para 18.295 pessoas, o que representa um aumento de 2.517,31%.

Esse número é pequeno? Depende!

Esse número é grande? Depende também.

Os parâmetros de cada um serão diferentes, mas antes que você desista desse texto por achar que isso é muito pouco, deixa eu te dizer, esse número 7 dias de trabalho e pouco mais de R$ 70 investido em anúncio. Agora a proporção é outra né?

Voltando…

18 mil pessoas pode ser algo que você não consegue visualizar, mas e se a gente te ajudar, veja a imagem abaixo:

Esse é o maracanãzinho, palco de grandes espetáculos da seleção brasileira feminina e masculina de vôlei e, segundo o WikiPedia, cabem 11.500 pessoas nele. Portanto, nessa foto acima, existem 11 mil pessoas.

Agora deu para ter uma ideia do que são 18 mil pessoas?


ENGAJAMENTO:

Como o próprio nome já diz, o segundo tipo de resultado que você pode obter com Marketing Digital é quando:

A pessoa viu seu conteúdo, gostou do que viu, se interessou, a partir daí, ela tende a se engajar, ou seja, te responder, te perguntar algo, marcar um amigo ou parente, seguir, enviar mensagem e por aí vai…

Portanto engajamento é quando a pessoa interage com você / sua página / seu perfil, ok?

E, convenhamos, para que ela dê esse primeiro passo algumas coisas devem acontecer antes:

  • Seu conteúdo tem que ser relevante
  • Você tem que falar de uma maneira que a pessoa entenda
  • E claro, deve-se estimular esse engajamento chamando a pessoa para uma conversa do tipo “Comente aqui o que você achou desta dica”, “Marque aqui nos comentários um amigo que precisa saber disso”.

Engajamento é muito importante, ele garante para o algoritmo das redes que aquele conteúdo, daquela página são relevantes para aquele usuário, portanto é a maneira mais efetiva de que a pessoa poderá receber seu conteúdo novamente em uma próxima publicação.

Engajamento é também o começo de um relacionamento, onde a pessoa passará enxergar você e sua marca como relevantes e referências, mas isso nós vamos explicar a seguir.


RELEVÂNCIA:

Aqui o jogo começa mudar, nem todo mundo é relevante, nem todo conteúdo é relevante mas, a maioria das pessoas que queira contratar um serviço ou solicitar um agendamento, tendem a procurar aqueles profissionais que elas consideram relevantes para elas.

É quase que uma regra, mas não é.

Para que você seja relevante, não há outro caminho senão dedicação e muito conteúdo de qualidade.

Pense bem, até o momento, você já leu mais de 4 mil caracteres deste post. Entre o tempo total de escrita, revisão e publicação, foram mais de 2 horas dedicadas.

Geralmente, quando há uma entrega de qualidade, que fica perceptível que houve dedicação genuína, as pessoas também vão se dedicar na mesma proporção, é uma troca.

Você recebe aquilo que está gerando, em outras palavras, se o seu conteúdo for feito de qualquer jeito, vai crescer, vai gerar visibilidade, vai gerar engajamento, mas você enfrentará muita dificuldade para ser visto como relevante.

É difícil, é demorado, mas acontece, se você se dedicar.

Aqui na agência, temos um estilo de trabalho 50/50, ou seja, produzimos conteúdo institucional dos nossos clientes, analisamos, guiamos e auxiliamos a produção do conteúdo autoral, aquele que só o especialista poderá produzir (com sua cara, sua fala, seus trejeitos).

Acreditamos que esse é o caminho mais sólido e certeiro para que o resultado final seja um conteúdo cada vez mais relevante.


REFERÊNCIA:

Depois que as pessoas foram impactadas pelo seu conteúdo (visibilidade), gostaram e te deixaram claro isso, comentando, indicando (engajamento), elas passam considerar seu conteúdo (seus posts) como algo relevante, isso faz uma “quase” mágica acontecer.

As pessoas passam a te considerar uma referência, alguém que entende de verdade daquele assunto e isso é muito único!

O mercado está cheio de picareta tomando lugar dos profissionais que são bons de verdade, justamente porque quem é bom não quer percorrer esse caminho mais lento porém perene.

Alguém que é referência é com certeza o tipo de profissional que será indicado em uma conversa entre amigos, no almoço da família e outras situações que sempre surgem no cotidiano.

Sabe quando estamos em uma conversa e então a pessoa pede uma indicação?

Pois bem, o ser humano tende a indicar aquelas pessoas e profissionais que confiam e visualizam como referência. Claro que às vezes a indicação não é a melhor. Mas, em planos gerais, nós queremos sempre indicar quem nós acreditamos ser bons profissionais.

Portanto, se tornar referência é algo que leva tempo, exige esforço e dedicação.

Na mesma proporção que você estudou e praticou para ser o profissional que é hoje, com esse nível de técnica que tem hoje, entende agora?

A diferença é que, ainda existe muita água limpa para se beber, portanto, é relativamente bem mais fácil se tornar referência do que ter o nível de qualidade técnica altamente apurado.

E claro, depois de percorrer esse percurso todo, o que acontece?


VENDAS, VENDAS, VENDAS:

Novos pacientes chegando até você!

E o mais bacana disso tudo é que, os pacientes que chegam até você, que agendam com você, fizeram isso porque eles escolheram você.

Em meio a tantos que existem no mercado, eles escolheram você.

Acompanharam seu conteúdo, acreditaram em você, fizeram contato, agendaram e agora sentem prazer em estar frente a frente com aquele profissional que eles escolheram. Quer coisa melhor que essa?

Veja que até agora, você já percorreu mais de 5 mil caracteres de leitura, dedicou algo em torno de 5 minutos para esse texto e somente agora estamos falando de venda.

Se leva esse tempo para aprender sobre o resultado financeiro, como você acha que pode ser possível vender logo de cara, no início do trabalho?

Vender é um resultado! É a consequência de algo bem feito, bem elaborado e da dedicação de diversos profissionais.

Portanto, pense nisso, como você encara o resultado VS sua expectativa.

Afinal, agora você sabe que para vender (MAIS) você precisa se dedicar também e deve passar por um caminho que muitas vezes vai te tomar mais tempo do que achava.

Felizmente, aqui na S+ Digital, nós temos uma expertise enorme em gerar resultado de vendas para nossos clientes. Entre 2017 e 2018 foram mais de R$ 65 milhões em faturamento bruto, mas, tem algo que nós nem comentamos aqui com você.

Na maioria das vezes, aqueles profissionais que estão em busca de uma agência de Marketing Digital, já tem um bom fluxo de trabalho, sabem converter pacientes em procedimentos, certo?

Mas existe um último estágio que separa a oportunidade gerada de uma venda concretizada e esse estágio não depende só de você.

Estamos falando do atendimento, da sua secretária, da comissão de frente, aquela equipe que pode alavancar ou afundar sua agenda

Mas isso, vamos deixar para um próximo papo. Na próxima semana. Combinado?

E você, o que achou dessa nossa conversa? Comente aqui abaixo.

Caso queira, pode assistir esse vídeo que resumirá bem esse post:

Marketing digital, Podcast, Vendas

Estou nas mídias sociais, produzido conteúdo, como vender mais procedimentos na área da saúde?

Vendas na Saúde: é o foco da vez!

Um tema que é visto como TABU por muitos profissionais. Mas até quando isso ficará em segundo plano?

Para falar sobre isso, nosso CEO, Thiago Martins, participou do Podcast MedMarketing School.

O Podcast do MedMarketing School é idealizado pelo Dr. Flávio Quinalha, cirurgião-plástico e dono do maior canal de cirurgia plástica do Brasil, no Youtube.

Esse é um podcast que trata de assuntos relacionados a marketing, marketing digital para médicos.

No 6º episódio, nosso CEO, Thiago Martins teve a honra de participar falando sobre um tema muito pertinente e uma dúvida muito recorrente de praticamente todos os profissionais da saúde que decidem investir seu tempo, disposição e dinheiro nas mídias sociais.

Estou nas mídias sociais, produzo conteúdo e agora? Como vender mais?

Sabemos que é um grande passo começar produzir conteúdo próprio (conteúdo autoral) na internet.

Isso é difícil para muitas pessoas, inclusive para profissionais de marketing digital também.

Não há receita pronta, nem uma maneira fácil de fazer acontecer.

Mas, só produzir conteúdo autoral não é o fim do processo, deve-se levar em consideração que produzir conteúdo, ser visto como autoridade é parte do topo.

Há uma etapa muito importante e que pouco se divulga que é a mudança de processos internos.

Mudança de processos de venda dentro do consultório.

Primeiro os profissionais de saúde devem começar pelo básico, sabendo se posicionar, falando aquilo que o paciente (leia-se cliente em potencial) quer ouvir / ler / saber.

A partir dai, deve-se repensar em como será o direcionamento para quem consumiu o conteúdo. Se o seu conteúdo é relevante, a pessoa ficará interessada em contratar seu serviço / solução.



Para isso acontecer, deve ter sempre uma chamada para ação (Call-To-Action), ou seja, você deve direcionar a pessoa para um local, para um whatsapp, telefone, email ou algum outro local que ela possa falar com sua equipe e dar sequência no agendamento.


Se você curtiu esse vídeo, inscreva-se no canal, deixe seu like e ative o sininho


Você já ouviu isso, certo? Provavelmente, em algum momento da sua vida, executou alguma dessas ações após ouvir isso, não foi?

Pois bem, é isso mesmo que acontece quando você está conectado de verdade com um conteúdo que é relevante para você. A tendência é que você siga a ação que a pessoa está passando.

“O básico gera conexão, conexão faz com que você seja visto como referência,
quem é visto como referência gera desejo, quem tem desejo compra”


Antes de querer gourmetizar, vamos primeiro nos preocuparmos com o bom e velho arroz com feijão.

Após ter ganhado visibilidade, aumentado o número de pessoas relacionando com você, ter aumentado também o número de pessoas buscando seu serviço, ai sim é hora de falarmos em vendas!

Diferentemente do telefone, que tem início, meio e fim. O whatsapp não tem um final tão claro.

Se você não tomar as rédeas da conversa, ditar o ritmo e fazer com que seja algo pontual, terá sempre muita conversa, pouco agendamento e pessoas desmarcando ou não comparecendo aos montes!

Acredite, é exatamente isso que acontecerá se você não se atentar para os novos processos de vendas, estruturados especificamente para canais digitais.

Na maioria das vezes é necessário repensar os processos, analisar os resultados para poder criar algo que faça sentido e que vá de encontro com a necessidade.

O mercado mudou, as regras mudaram e você… conseguiu acompanhar isso tudo?

Quer saber mais sobre presença digital e processo de vendas? Acompanhe o podcast abaixo:

posicionamento estratégico - entenda o que é
Marketing digital, planejamento

Posicionamento estratégico – O que você precisa saber sobre:

Hoje estamos aqui aqui para conversar com sobre posicionamento estratégico e tudo o que você precisa saber sobre isso.

Sua marca aparecer no local correto da maneira correta para pessoa correta.

isso é muito importante afinal, a gente, quando o consumidor faz a busca na esperança de encontrar logo aquela solução para que a gente não tenha que ficar buscando muito.

Em poucas palavras, entenda o que o Posicionamento Estratégico contempla:

Sua marca estar posicionada de maneira correta e envolve muita estratégia, envolve entender:

– Onde está o seu cliente

– Quem é o seu cliente

– Como ele gostaria de ser abordado

– Como ele pensa em relação a sua marca e a sua solução

Muitas vezes quando a gente tá muito tempo produzindo conteúdo, chega um momento em que você pensa:

“cara eu já falei os principais tópicos. Não tem mais nada que eu possa fazer”

posicionamento estratégico - entenda o que é

É nesse exato momento que olhamos para buscar o que as pessoas estão falando, começamos a entender que, entre um post e outro, entre um artigo e outro, existem lacunas que a gente ainda pode preencher.

Quais são as lacunas, quais são as principais perguntas que estão trazendo as pessoas até a sua marca?

A gente começa a posicionar melhor essa marca, isso é chamado posicionamento estratégico.

É poder olhar para marca, para o universo da marca e entender onde exatamente ela deve estar e, como deve estar lá.

Porque nem sempre o discurso será sobre vendas, nem sempre vai falar sobre conversão monetária, às vezes é só um atalho para se relacionar e estabelecer um relacionamento, visando para trazer o prospecto para dentro do universo da marca, com foco em fazer a pessoa entender melhor dessa solução. E a partir dai, lá na frente vai falar sobre venda.

Isso é muito importante porque muitas marcas querem entrar na internet fazer venda logo de cara, e talvez não seja o momento de falar em vendas.

Muitas vezes, no início do trabalho é o momento de: se posicionar, estar no local exato, se relacionar com as pessoas, conquistar confiança das pessoas, se tornar referência, para somente então falar sobre vendas.

Posicionamento estratégico pode envolver muitas plataformas. Site, e-mail, mídias sociais, Google, influenciadores, e por ai vai.

Existem várias plataformas, cada uma com um foco, com uma linguagem diferente, e aí cabe ao planejamento entender como, quando, por que e onde aquela marca deva estar.

posicionamento estratégico - entenda o que é

Etapas de comunicação que sua marca deverá passar:

Aqui fica o exercício, uma reflexão, olhe para sua marca hoje, veja em que ponto você está. Tomando como base que inevitávelmente sua marca deverá passar pelas etapas:

Será que sua marca está falando aquilo que deveria? Com quem ela realmente deveria estar falando?

Se quiser ter mais ideias e insights, assista o vídeo.

Comparando como é dentro da empresa VS fora dela, é o mesmo diálogo ou discurso?

Nos vemos na próxima.

Até breve!

S+ Digital na feira hospitalar 2018
Marketing digital, palestra

S+ Digital na feira Hospitalar 2018

S+ Digital na Feira Hospitalar 2018

Como utilizar as redes sociais de forma correta, para trazer mais pacientes?

Esse foi o tema do painel que reuniou: Dr. Marcus Carvalho, fundador do SucessoMedico.com e fundador da HospitalarMed 2018, Luciana Munhoz e Thais Maia, especialistas em bio direito e saúde pública e, nosso CEO Thiago Martins. 

O painel fez parte do Fórum HospitalarMED 2018

1º fórum dedicado a gestão e marketing dentro da Feira Hospitalar 2018

Thiago levou dicas úteis e práticas para que os médicos presentes pudessem colocar em prática no dia seguinte.

A feira Hospitalar 2018

A Hospitalar acontece há 25 anos. E, em 2018 registrou números que impressionam, se consolidando como a maior feira da área médica da América Latina.

Foram 1.200 expositores, 90 mil visitantes de 70 países.

O processo de comunicação mudou. Os costumes mudaram e, consequentemente, o processo de vendas mudou. Aquele que não entender isso, será simplesmente esquecido.

Novos tempos, novas estratégias!

O consumo de conteúdo online é uma realidade.

No Brasil, as pessoas olham para o celular 150x por dia e, em todos os momentos, sempre haverá uma nova notificação.

O conteúdo é o caminho para ser relevante, a consequência disso é aumento de confiança na imagem do especialista e aumento de vendas.

Aproximadamente 3/4 da população brasileira acessa internet através de dispositivos móveis, ou seja, não importa a especialização de um médico ou de uma médica. A única certeza que temos hoje, é que existem pessoas buscando por alguma solução relacionada à essa especialidade.

Durante o painel, as advogadas Luciana e Thais aproveitaram para desmistificar um pouco da ideia de que médico não pode fazer nada na internet.

Existem uma série de ações que qualquer médico pode fazer na internet, sem infringir nenhum tipo de regra ou norma do CFM e CRM.

Pessoas compram pessoas

Redes sociais levam esse nome justamente por conectar pessoas a parentes e amigos.

Entender que quem está por trás de cada interação é uma pessoa, que está buscando uma solução para um problema ou uma necessidade, é crucial para começar entender o que fazer e como fazer.

Pessoas acreditam em pessoas, elas compram pessoas. Isso sempre foi assim e sempre vai ser.

Trata-se de confiança do início ao fim do relacionamento entre paciente e médico.

Não é sobre procedimento ou qualidade técnica, é sobre confiança.

Ser bom tecnicamente é o pressuposto! Sem isso não é possível trabalhar, mas, para se destacar nas redes sociais é preciso entender sobre pessoas!

 

Estamos falando de VENDER

Estar na internet deixou de ser uma escolha, é obrigação! Se você quer ser visto, você precisa estar presente!

Aqui na S+ Digital, nós trabalhamos todos os dias, produzindo conteúdo relevante para o público de cada cliente nosso. Além de desenvolver treinamentos que capacitam e empoderam médicos e equipes.

Acreditamos que esse é o caminho para que os profissionais dessa área entendam a amplitude de opções e possibilidades que a internet oferece.

Entre 2017 e 2018/Q1, nós geramos mais de R$ 40 milhões em faturamento para nossos clientes. Com estratégias feitas sob medida para cada necessidade.

Confira nossas dicas para a TV Doutor

No fim do painel, o pessoal da TV Doutor pediu para darmos algumas dicas extras, confira a entrevista no vídeo acima.

Quer saber como nós podemos ajudar seu consultório ou hospital?

Solicite um contato com nosso time de especialistas, preencha o formulário abaixo

Marketing digital

Google meu negócio Como cadastrar uma empresa ?

Google Meu Negócio como cadastrar uma empresa? Essa é talvez a pesquisa número 1 que qualquer pessoa que possua um negócio, deveria fazer quando viesse à cabeça o seguinte pensamento “como aumentar minhas vendas?”.

Talvez você não consiga entender a ligação de aumentar vendas com google meu negócio, mas tudo bem, respire fundo e acalme-se e prepare-se porque você está no lugar certo. 

Você vai entender porque é importante seu negócio estar cadastrado nessa ferramenta e vai aprender fazer o cadastro agora. No fim desse post, existe um tutorial para você entender como cadastrar sua empresa no google meu negócio.

O que é google meu negócio?

É uma ferramenta grátis do google que serve para que você cadastre seu negócio, ou seja, isso fará com que as pessoas vejam as informações do seu negócio sempre que fizerem alguma busca que esteja relacionada com o que você faz.

Por exemplo, qualquer pessoa da cidade de Catanduva que digitar na busca do google “marketing digital catanduva”, poderá ver a S+ Digital como uma empresa relacionada ao termo. Por que?

Porque quando nós fizemos o cadastro, através das nossas informações, o google consegue cruzar esses dados e entender que a S+ Digital é uma agência especializada em marketing digital, logo, toda vez que alguém buscar algo sobre marketing digital em Catanduva, verá isso aqui:

Como aparece no Google?

Marketing Digital Catanduva

Exemplo de como aparece uma empresa quando você faz uma busca no google e a empresa está cadastrada no google meu negócio

Veja como uma simples busca retornou várias informações super relevantes:

  • Nome da empresa
  • Endereço
  • Telefone
  • Horário de funcionamento
  • Avaliações e nota média
  • Fotos
  • Publicações
  • Mapa (não está na imagem, mas aparece do lado direito)

Por isso é EXTREMAMENTE IMPORTANTE que seu negócio esteja cadastrado no Google Meu Negócio.

Mesmo que você não tenha um site, seu negócio precisa estar cadastrado nessa ferramenta.

Se o seu negócio for um comércio, aparecerá até um gráfico mostrando se está lotado ou não. Obviamente não são dados em tempo real, é um gráfico com dados retirados a partir do GPS dos celulares dos consumidores, ou seja, é uma média, ok?

Para que você cadastre AGORA seu negócio, aperte o play e veja o vídeo abaixo.

Google Meu Negócio Como cadastrar uma empresa ->

Como cadastrar sua empresa?

Marketing digital

É possível vender na internet mesmo sem ter uma loja virtual?

Quando pensamos em vendas pela internet, já associamos a ideia de uma loja virtual. Imaginamos uma pessoa sentada à frente do computador, ou com um tablet ou celular. Esquecemos que para aquela pessoa chegar a efetuar uma compra, um longo caminho foi percorrido.

É sobre este caminho que vamos falar hoje, tudo o que envolve ele e as ferramentas que temos disponíveis para facilitar o trabalho, e de como é possível sim, realizar vendas na Internet mesmo sem ter uma loja virtual!

Sim, é possível vender na internet sem loja virtual!

Você deve estar se perguntando: Como? Simples, você pode mostrar que existe fisicamente através de um site institucional ou até mesmo pelas redes sociais, trabalhar o relacionamento com seu público-alvo através da internet, e com isso educá-los a te procurar na loja física.

Claro que esse é um trabalho longo, e os resultados não são imediatos. Porém diante do perfil do público atual, e do mercado competitivo, se faz necessário. Mesmo que você não tenha um e-commerce, ou não pretenda realizar nenhum tipo de venda pela internet, você precisa estar presente nela, e trabalhar o funil de vendas através dela.

O trabalho de encantar o cliente e conduzi-lo até a compra pode, e deve ser feito com a ajuda da internet, afinal é lá que boa parte do seu público-alvo se encontra atualmente, e ignorar isso é abrir mão de uma boa fatia do seu mercado.

Existem formas de gerar vendas através da internet, ferramentas que facilitam para que isso aconteça, e maneiras certas e erradas de abordar o público através da internet, e é sobre isso que iremos falar agora!

Crie um relacionamento com seu público-alvo 

Você possui um site institucional ou página no Facebook, ou seja, você já existe digitalmente falando. Agora é hora de trabalhar para criar um relacionamento com o seu público alvo, veja como:

Aposte no conteúdo: uma das formas mais eficazes para construir um relacionamento com o público-alvo, é oferecendo conteúdo atraente e relevante . Este conteúdo deve ser criado com a intenção de auxiliar seu público-alvo a solucionar algum problema, e ter acesso a informações sobre seu nicho de atuação. Preparei um post inteiro sobre conteúdo relevante e a importância dele, leia aqui.

Permita que seu público se expresse: não existe relacionamento sem que ambas as partes se expressem. Você precisa dizer a que veio, suprir necessidades e se mostrar disponível, e além disso, precisa incentivar seu público a se expressar. Atualmente com as redes sociais, ficou muito mais fácil ter acesso ao que seu público anda pensando sobre você.

Cative seu público: Seja agradável, fale a mesma língua, não seja apenas mais um número na internet. Se volte para aquilo que realmente importa para ele, e mostre o quanto você domina aquele assunto. Não se esqueça que para tanto, você precisará ser um exímio conhecedor do perfil do seu público.

Utilize as ferramentas adequadas!

Atualmente temos uma série de ferramentas disponíveis que nos ajudam a manter um relacionamento com o cliente de forma eficiente e bem elaborada. Clique aqui, e veja uma postagem que fiz falando sobre as principais ferramentas de automação de Marketing. 

A automação de Marketing irá facilitar muito na criação e execução da sua campanha de Marketing Digital, pois irá gerenciar e controlar tudo automaticamente. Irá fazer com que seus leads se sintam especiais, pois é capaz de personalizar e-mails. Proporcionará maior notoriedade fazendo com que você esteja presente em várias redes sociais.

Prepare sua equipe!

Você fez um ótimo trabalho nas mídias digitais, conquistou leads e cativou seu público. Como resultado, tem conseguido atrair clientes para a sua loja física! Isso é realmente ótimo! Mas antes que isso aconteça, é preciso que sua equipe esteja preparada.

A linguagem utilizada na internet deve ser mantida no contato real, quando os clientes chegarem à sua loja física, assim como tudo o que é prometido através de campanhas on-line, devem ser cumpridas no contato real.

Para tanto, é muito importante que sua equipe esteja por dentro da campanha que está sendo executada na internet. Poucas coisas são tão desagradáveis para um cliente, quanto ver algo que o atraiu numa campanha digital e quando ir pessoalmente na loja física, descobrir que não era nada daquilo que foi prometido on-line.

Estar presente na internet poderá garantir muitas vendas originadas de forma on-line , mesmo que você não tenha uma loja virtual. O desejo de compra pode nascer navegando na internet, e se bem trabalhado irá resultar em compras no futuro. 

A fidelização de clientes também podem ser feitas de forma on-line mesmo em caso de compra em loja física. O atendimento pós venda, SAC entre outros, podem ser feitos através de sites, páginas em redes sociais e e-mails. E se bem executado, será um atendimento de ótima qualidade que irá gerar fidelização.

Você já realiza vendas que foram geradas através da Internet? Se ainda não, pense nesta possibilidade, pode ser uma ótima forma de melhorar seus resultados! Ficou com alguma dúvida? Deixe nos comentários, teremos imenso prazer em lhe ajudar!

Blog, S+ Digital

Por que contratar uma agência de Marketing Digital?

Não resta a menor dúvida de que o Marketing Digital é fundamental para qualquer empresa, que aqueles que negligenciarem este tipo de Marketing, estará abrindo mão de uma grande fatia de mercado.

Ciente disso você decide que é hora de investir no Marketing Digital, porém surge uma dúvida: delegar a tarefa para sua equipe de Marketing ou contratar uma agência especializada em Marketing Digital?

É sobre isso que iremos falar hoje, quais as vantagens de se terceirizar o serviço de Marketing Digital, e quais resultados você pode esperar ao contratar uma!

Minha equipe não pode fazer o Marketing Digital?

A resposta é sim, ela pode! Porém lhe garanto que os resultados estarão longe de serem os mesmos dos que uma agência de Marketing Digital obteria. Uma agência de Marketing Digital irá lhe oferecer uma equipe com profissionais especializados e experientes neste tipo de marketing.. 

Quando você fica doente você procura um médico, mas a especialidade dele vai depender de qual parte do seu corpo precisa de cuidados. Se for o coração você irá precisar de um cardiologista, se for o sangue um hematologista e assim por diante. Da mesma forma funciona com o marketing.

O fato de um cardiologista não saber tratar com eficiência doenças relacionadas ao sangue, não faz dele um mal profissional, apenas não é a especialidade dele. Da mesma forma, sua equipe de marketing não ter conhecimentos específicos para realizar uma boa campanha de marketing digital, não significa que ela seja incompetente, apenas não é a área de especialidade dela.

Marketing on-line e off-line são tão diferentes assim?

Já falei um pouco sobre as diferenças entre o Marketing on-line e o off-line neste artigo, clique aqui para ler. Mas reafirmo que apesar de serem marketing, não funcionam da mesma maneira.

As ferramentas utilizadas são diferentes, a abordagem é diferente, as mídias são diferentes, o foco também é diferente. Portanto é preciso ter conhecimentos específicos para que tudo seja feito da maneira correta, e para que os resultados venham.

O mesmo público pode ser alcançado com os dois tipos de marketing, porém o tipo de impacto e o tempo para obter o resultado, e até mesmo os próprios resultados são muito diferentes. O marketing off-line preza muito mais pelo produto que pelo seu público-alvo, já o on-line direciona todos os seus esforços para o público. Sempre buscando suprir suas necessidades e se mostrar o mais próximos possível. 

Podemos fazer a seguinte comparação: o marketing off-line seria um monólogo, já o on-line seria um diálogo onde ambas as partes se expressam e trocam informações. O foco do marketing off-line é mostrar todos os atributos do produto, e convencer o público de que ele é a melhor opção.

Por isso ele trabalha passando o maior número de informações sobre o produto, ou seja, quem irá elaborar a campanha off-line precisa ter um conhecimento profundo sobre o produto. Já o marketing on-line caminha na contramão, focando no público e por isso quem trabalha com esse tipo de marketing precisa ser um exímio conhecedor do público-alvo.

Mídias  e estratégias 

Já deu pra notar que o Marketing Digital possui características específicas, e isso se confirma na hora de elaborar estratégias e escolher quais mídias serão utilizadas na campanha. Por isso, o profissional responsável pela campanha de Marketing Digital precisa saber elaborar estratégias adequadas para cada mídia.

O papel do Marketing Digital vai muito além de nutrir e conquistar leads, as estratégias são criadas com a intenção de vender os produtos ou serviços da empresa, além de criar uma forte conexão com o público-alvo. Ele acompanha o lead em todas as etapas do funil de vendas, sempre fortalecendo o relacionamento cliente/empresa.

O sucesso da campanha depende do profundo conhecimento em relação ao público, elaboração concisa da campanha e escolha correta das mídias sociais. É preciso estar presente nas redes onde seu público está, falar sua linguagem e oferecer conteúdo relevante para o seu perfil de público.

Resultados de uma campanha de Marketing Digital 

Os resultados de uma campanha de Marketing Digital demoram em média 6 meses para aparecerem, mas se bem trabalhados, a tendência é de que sejam permanentes: notoriedade nas redes, proximidade com público-alvo, e efetivação de vendas.

O marketing digital tem o poder de cativar as pessoas, e depois de um tempo de presença ativa nas redes, a tendência é de que você tenha um público fiel, pessoas que admiram e confiam na sua marca, e que por isso irão indica-lá e falar bem dela. Este é um dos resultados que também devemos esperar de uma boa campanha de marketing digital: fidelização do seu público.

Como tudo na vida, o marketing digital exige dedicação, conhecimento e técnica para poder dar bons resultados, e isso só pode ser conquistado através de uma equipe composta por profissionais altamente capacitados e com experiência. Deixar o Marketing Digital da sua empresa nas mãos de uma equipe que não seja capacitado para tanto, é por em risco todo esforço e tempo dedicado. 

Quer saber mais sobre como implantar o Marketing Digital com sucesso em sua empresa? Deixe seu comentário que entraremos em contato! E volte sempre para conferir as novidades!

Se preferir, pode ver um vídeo que explica o  que  você deve levar em consideração antes de contratar uma agência de marketing digital:

Blog, internet, Marketing digital

A Diferença Entre Facebook e Rede Globo

Você já parou para pensar em como as mídias tradicionais trabalham em relação ao público? Ela expõe um produto ou serviço, fala de suas vantagens, qualidades e valores agregados, e trabalha a mente do público através destes valores, o convencendo que consumir este ou aquele produto é a melhor opção.

Este tipo de ação, não permite nenhuma interação com o público, ele apenas assiste, escuta ou lê o anúncio, é impactado por ele e realiza ou não a compra. Durante muitos anos este modelo de publicidade e marketing funcionou perfeitamente, porém com a popularização da internet as coisas mudaram.

E a tendência é continuar em constante mudança, se adequando às novas tecnologias e ao comportamento da nova geração de público- alvo, que tem se mostrado cada vez mais ativa e exigente.

Mas quais são as diferenças entre as novas mídias e as tradicionais? Se houvesse um duelo entre Facebook e Rede Globo, quem sairia ganhando? Isso é o que vamos ver logo a seguir!

Interatividade: Mídias Sociais 10 X 2 Mídia Tradicional

Umas das  grandes vantagens das mídias modernas é a interação que ela permite com o público. Nunca na história do marketing o público teve tanta liberdade para interagir com as empresas, e nunca as empresas tiveram tanto acesso às informações sobre o público de forma tão direta.

As mídias tradicionais como rádio, TV, jornal e revistas, permitem interação de forma muito limitada e só em poucas ocasiões. É possível realizar ações onde o público é encorajado a interagir de alguma forma, ligando, enviando e-mails ou indo em algum lugar específico.

Mas nada se compara com a interação permitida pelas redes sociais. Voltando para o exemplo do Facebook, nenhuma mídia tradicional possibilita que o público manifeste de forma direta sua opinião sobre um produto ou marca, da forma que a rede social permite.

Ao permitir este tipo de participação por parte do público, a mídia social aproxima as pessoas, traz o sentimento de acolhimento e empatia. É como se a empresa fizesse parte do círculo de amigos e pessoas conhecidas do público.

Diria até que essa interação, passa a ideia de que a marca representa mais que uma empresa, mas sim uma pessoa. O que causa ainda mais a sensação de empatia e proximidade.

Custo benefício:  Mídias Sociais 10 x 0 Mídias Tradicionais

Neste quesito não há nem o que questionar, os valores cobrados pela TV são exorbitantes se comparados aos de uma rede social como o Facebook. Grande parte das mídias sociais oferecem espaço para publicidade, além de permitir campanhas em suas páginas de pessoas jurídicas.  

Claro que o impacto que uma propaganda na TV causa é imenso, a TV tem seus encantos com todos os estímulos visuais e de áudio que ela proporciona. Além do status e influência que ela possui. 

Os resultados que uma campanha nas mídias sociais é capaz de obter com baixo investimento, dá de dez a zero se comparado com o investimento e resultados de uma campanha na TV, seja ela na Rede Globo ou na Record.

Uma campanha de marketing digital bem elaborada, pode alcançar um número muito grande de pessoas, não é a toa que grandes empresas como Coca-Cola e Itaú  estão investindo pesado no marketing digital.

Alcance do público-alvo: Mídias Sociais 10 x 5 Mídias Tradicionais

Mais uma vez o Facebook e algumas mídias sociais saem na frente! Sim, é muito mais fácil atingir seu público-alvo em uma campanha nas mídias sociais que nas mídias tradicionais. Você até pode escolher anunciar em uma mídia tradicional  baseado no público dela, mas nem assim você terá certeza de que  alcançará quem realmente interessa.

O público não tem opção nas mídias tradicionais, o anúncio está ali e ele será exposto, ele demonstrando interesse ou não. Já nas mídias sociais, o público é quem busca pelo anúncio, e este só chegará até ele se já houver um histórico de interesse.

Nas mídias sociais a assertividade é muito maior, pois há meios de classificar para quem que você irá aparecer de acordo com os interesses que aquela pessoa apresenta. O comportamento das pessoas na internet é o que irá ditar se ele é um potencial cliente ou não.

Feedback: Mídias Sociais 10 x 5 Mídias Tradicionais

O imediatismo da internet traz mais um ponto positivo para as mídias sociais. Somente nas mídias sociais é possível obter um feedback da campanha em tempo real. Logo após postar ou publicar algo, os internautas já podem compartilhar e comentar. Em questão de minutos já é possível ter uma ideia da receptividade do público.

Isso sem dúvidas é algo muito bom, porém há um ponto negativo, como a interação do público é imediata, é preciso acompanhar de perto os resultados. Pois se alguém não gostar e quiser replicar o que foi postado com comentários negativos, poderá fazer isso sem nenhum problema, aí cabe à sua equipe reverter a situação.

Os resultados das mídias tradicionais demoram mais tempo para aparecer, e se algo der errado no meio do caminho, as chances de concertar sem grandes  problemas é maior, por outro lado as reações do público em relação à campanha também demoram mais a aparecer, e se algo não estiver dentro do esperado o diagnóstico não será imediato.

E o vencedor do duelo foi o Facebook, juntamente com as demais mídias sociais! Não que as mídias tradicionais sejam dispensáveis, claro que elas são importantes e cumprem muito bem o seu papel. Mas que as mídias sociais chegaram trazendo grande mudança na forma de realizar o marketing e com muitas vantagens é inegável!

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de fazer alguma observação sobre o tema? Deixe tudo nos comentários! E volte sempre para conferir as novidades!

Marketing digital

Seu cliente não é todo mundo. Esqueça isso!

O sonho de todo empresário é vender muito, e para isso o ideal seria que seu público-alvo fosse composto pelos mais variado perfis de pessoas. Que todos fossem seus clientes, sem distinção de idade, sexo ou classe social.

Mas sabemos que não é bem assim que as coisas funcionam, todo produto possui um público específico, e o marketing precisa ser direcionado a ele. Diferente do mundo off-line, na internet é possível filtrar com eficiência para quem direcionar o Marketing.

Em uma loja física, é mais difícil criar um relacionamento com o cliente e conhecê-lo a fundo para determinar um perfil, então tudo fica mais genérico, apenas algumas características gerais são identificadas.

Já no mundo virtual é possível traçar com exatidão o perfil dos clientes, criar um relacionamento onde ocorrerá troca de informações, e baseado nestas informações definir um perfil com características e costumes que irão ditar os caminhos do marketing da sua empresa. Leia esse post onde explicamos porque investir no marketing de relacionamento.

A importância de entender quem é o seu público

Conhecer a fundo seu público-alvo é indispensável para a criação da sua campanha de Marketing Digital, na verdade é a base da campanha. O Marketing Digital fala diretamente com as pessoas, portanto é preciso saber com quem estamos falando, para que o assunto seja relevante para aquele público.

Sabe aquele ditado “Para quem não sabe para onde quer ir, qualquer lugar serve”? Aqui ele se aplica, mas em relação às pessoas: “Se você não sabe com quem quer falar, acaba não falando com ninguém”. Ou seja, se você não sabe para quem está direcionando seu marketing, você corre o sério risco de só gastar dinheiro a toa e não obter nenhum resultado.

Falar de forma genérica pode lhe criar a falsa impressão de que atingindo um grande número de pessoas, o seu resultado será melhor. Porém não é isso que acontece, você pode estar falando para uma multidão que simplesmente não tem o menor interesse no seu produto.

Quando você direciona sua campanha para um determinado perfil porque sabe que ele tem interesse por aquilo que você oferece, os resultados em vendas concretizadas é muito maior. 

Pequenos detalhes que fazem a diferença 

Quando o assunto é Marketing Digital detalhes fazem toda diferença, quanto mais detalhes você obtiver sobre o seu público-alvo, mais fácil será de acertar na campanha de Marketing Digital. Veja algumas particularidades que devem ser levadas em conta na hora da elaboração da sua campanha de Marketing Digital:

• Sexo: alguns segmentos são unissex, porém é preciso se atentar à forma de se expressar para não excluir um determinado gênero. E quando o produto for direcionado a apenas um gênero específico, adequar a linguagem ao universo dele.

• Idade: a idade é muito importante, ela vai ditar quais mídias serão utilizados na campanha, linguagem e toda a execução da campanha. A forma de abordar uma criança, jovem, adulto e idoso é diferente, os interesses são diferentes conforme cada fase de nossas vidas. 

• Comportamento on-line: para você definir quais mídias irá utilizar, é preciso conhecer o comportamento on-line do seu público. Não adianta estar presente em todas as redes sociais, se o seu público-alvo não estiver presente nelas. Saber quais são os passos do seu público na internet, irá direciona-lo ao local correto, onde você precisa estar para alcançar quem realmente interessa.

• Classe social: a classe social também influencia as mídias e a linguagem da campanha. O valor agregado do produto deve ser exaltado de acordo com o comportamento da classe social do público. Determinadas classes definem suas compras baseado no status que o produto oferece, outras no custo beneficio ou preço.

Marketing Digital X Marketing Tradicional

Ao aderir ao Marketing Digital não quer dizer que você não precise mais investir no Marketing tradicional. Cada um cumpre uma função e atinge uma fatia do mercado.

O Marketing Digital é menos agressivo, mais preocupado com o público, trabalha a favor das pessoas para entendê-las e suprir suas necessidades. Já o Marketing off-line tradicional, é mais voltado para o produto, preocupado em exaltar suas qualidades e vantagens.

Os dois são importantes, e a presença de um não isenta a necessidade do outro. O ideal é que as duas campanhas conversem entre si, e que adotem a mesma linguagem. Uma complementa a outra e devem ajudar o público a passar pelas etapas do funil de vendas.

Está mais que provado que seu cliente não é todo mundo, e o quanto é importante identificá-lo e conhecê-lo a fundo antes de iniciar uma campanha de Marketing Digital, afinal o sucesso da sua campanha depende muito disso. Saber com que está falando irá ajudar a definir o que irá falar, e fará com que sua mensagem atinja um maior número de pessoas interessadas no seu produto.

Caso você se interesse em saber mais sobre como falar com seu público alvo corretamente e também como posicionar melhor sua marca, seu site. Sugerimos que você clique na imagem abaixo e conheça nosso material exclusivo KIT Blog para Negócios 1.0 ⬇⬇⬇

Kit Blog para Negócios - S+ Digital

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de fazer alguma observação? Deixe tudo nos comentários, teremos imenso prazer em ajudá-lo!

Email Marketing

Email Marketing Ainda Funciona?

Em meio à tantas opções que a internet oferece para se chegar ao cliente e público-alvo, surge uma dúvida: Será que o email marketing ainda funciona?

Muitos fazem essa pergunta, e comparam o e-mail marketing com a antiga mala direta, lembram? Algumas empresas ainda usam essa tática, a carta que é enviada ao cliente com um tom bem pessoal.

Da mesma forma que a mala direta ainda sobrevive mesmo com a internet, o email marketing tem o seu papel, e diga-se um papel muito importante. Tudo depende da forma que ele é utilizado.

Para cada perfil do público há uma linguagem e conteúdo específicos para que o resultado seja positivo. Veja a seguir algumas dicas de como utilizar esta ferramenta poderosa de forma correta!

210H-(1)Tenha permissão para enviar email!

Esta é uma dica valiosa, e que vale para todos os outros meios de comunicação digital direta. Você por acaso força as pessoas na rua a te ouvirem? Espero que não! Então não há motivos para fazer isso de forma virtual.

Comprar mailing no mercado negro não é uma boa ideia. Existem formas legais para conseguir montar uma boa base de emails que irá realmente trazer um bom resultado. Comprar contatos além de não ser uma boa prática, não irá dar um bom retorno, afinal aquelas pessoas não manifestaram nenhum interesse por seu produto.

Por isso monte você mesmo sua base de e-mails, para tanto deixe no site formulários para que os visitantes preencham e optem por receber conteúdos vindos de você, oferece algo em troca do email como e-books ou um mini curso. Claro que você não irá conseguir uma super base de um dia para o outro, porém com o passar do tempo você terá conquistado um número considerável de e-mails valiosos.

O bom senso na hora de enviar email marketing é muito importante, seu comportamento pode agradar e conquistar muitos clientes, mas o mau uso pode acabar afastando clientes e criando uma imagem ruim para a sua marca.

Segmente a sua base de emails

Ter uma base de e-mails segmentada é indispensável para o sucesso da sua campanha. Sexo, idade, classe social, profissão, estado civil, estas são só algumas formas de segmentar sua base para cada campanha, e direcionar os e-mails para quem realmente interessa.

Outra ação muito importante, é direcionar o conteúdo do email de acordo com a posição que seu público ocupa no funil de vendas, de acordo com o nível de conhecimento que ele possui sobre seu produto, você irá direcionar conteúdos, ações e promoções via email marketing.

Seja persistente, mas não seja insistente

Com o tempo você irá notar que existe um número de pessoas que realmente não abrem seus e-mails marketing, isso quer dizer que você deve desistir deles de vez? De forma alguma! Porém não deve ser insistente e ficar lotando a caixa de entrada das pessoas com e-mails repetidos.

Se você enviou um determinado email e não teve uma boa taxa de abertura, enviá-lo pela segunda vez sem acrescentar algo novo, não irá fazer com que você obtenha um resultado melhor do que na primeira tentativa.

Ao considerar que um conteúdo é importante, e que deve ser realizada uma nova tentativa, é importante dar uma nova roupagem a ele. Melhorar o título e oferecer algo novo dentro do conteúdo pode ajudar a despertar a curiosidade dos receptores.

Porém se na segunda tentativa a taxa de abertura continuar baixa, é mais sensato considerar a necessidade de mudar a abordagem. Fique atento ao comportamento do seu público, quanto tempo depois de recebido o e-mail foi aberto, realizaram a ação esperada, em qual período do dia há uma taxa maior de abertura dos emails.?

Ferramentas para automação do seu email marketing

Por em prática uma campanha de e-mail marketing exige algumas habilidades: organização, regularidade, acompanhamento dos resultados, entre outras coisas.

Para facilitar a vida daqueles que são responsáveis pela campanha, existem algumas ferramentas de automação. São ferramentas capazes de ajudar a classificar o público, o conteúdo, apresentar os resultados e classificação, e enviar o emails de forma programada e organizada.

Conheça as principais ferramentas para a automação de seus emails:

  • RD Station;
  • Mailchimp;
  • InfusionSoft;
  • GetResponse.

Existem muitas outras opções, com certeza uma delas irá atender às suas necessidades.

Qualquer uma destas ferramentas oferecem várias configurações possíveis, e além da automação oferecem outros serviços complementares que poderão lhe ajudar na elaboração da campanha.

O email continua sendo um ótima opção para falar com seus clientes e público-alvo. Se utilizado de forma sábia e consciente, os resultados são ótimos e o investimento relativamente baixo. Não devemos descartar esta opção, o email marketing pode ser parte importante de uma campanha e ter grande peso nos resultados.

Você costuma utilizar email marketing em suas campanhas? Tem obtido bons resultados? Entre em contato conosco e tire suas duvidas, ou deixe suas dúvidas nos comentários!