A Diferença Entre Facebook e Rede Globo

Você já parou para pensar em como as mídias tradicionais trabalham em relação ao público? Ela expõe um produto ou serviço, fala de suas vantagens, qualidades e valores agregados, e trabalha a mente do público através destes valores, o convencendo que consumir este ou aquele produto é a melhor opção.

Este tipo de ação, não permite nenhuma interação com o público, ele apenas assiste, escuta ou lê o anúncio, é impactado por ele e realiza ou não a compra. Durante muitos anos este modelo de publicidade e marketing funcionou perfeitamente, porém com a popularização da internet as coisas mudaram.

E a tendência é continuar em constante mudança, se adequando às novas tecnologias e ao comportamento da nova geração de público- alvo, que tem se mostrado cada vez mais ativa e exigente.

Mas quais são as diferenças entre as novas mídias e as tradicionais? Se houvesse um duelo entre Facebook e Rede Globo, quem sairia ganhando? Isso é o que vamos ver logo a seguir!

Interatividade: Mídias Sociais 10 X 2 Mídia Tradicional

Umas das  grandes vantagens das mídias modernas é a interação que ela permite com o público. Nunca na história do marketing o público teve tanta liberdade para interagir com as empresas, e nunca as empresas tiveram tanto acesso às informações sobre o público de forma tão direta.

As mídias tradicionais como rádio, TV, jornal e revistas, permitem interação de forma muito limitada e só em poucas ocasiões. É possível realizar ações onde o público é encorajado a interagir de alguma forma, ligando, enviando e-mails ou indo em algum lugar específico.

Mas nada se compara com a interação permitida pelas redes sociais. Voltando para o exemplo do Facebook, nenhuma mídia tradicional possibilita que o público manifeste de forma direta sua opinião sobre um produto ou marca, da forma que a rede social permite.

Ao permitir este tipo de participação por parte do público, a mídia social aproxima as pessoas, traz o sentimento de acolhimento e empatia. É como se a empresa fizesse parte do círculo de amigos e pessoas conhecidas do público.

Diria até que essa interação, passa a ideia de que a marca representa mais que uma empresa, mas sim uma pessoa. O que causa ainda mais a sensação de empatia e proximidade.

Custo benefício:  Mídias Sociais 10 x 0 Mídias Tradicionais

Neste quesito não há nem o que questionar, os valores cobrados pela TV são exorbitantes se comparados aos de uma rede social como o Facebook. Grande parte das mídias sociais oferecem espaço para publicidade, além de permitir campanhas em suas páginas de pessoas jurídicas.  

Claro que o impacto que uma propaganda na TV causa é imenso, a TV tem seus encantos com todos os estímulos visuais e de áudio que ela proporciona. Além do status e influência que ela possui. 

Os resultados que uma campanha nas mídias sociais é capaz de obter com baixo investimento, dá de dez a zero se comparado com o investimento e resultados de uma campanha na TV, seja ela na Rede Globo ou na Record.

Uma campanha de marketing digital bem elaborada, pode alcançar um número muito grande de pessoas, não é a toa que grandes empresas como Coca-Cola e Itaú  estão investindo pesado no marketing digital.

Alcance do público-alvo: Mídias Sociais 10 x 5 Mídias Tradicionais

Mais uma vez o Facebook e algumas mídias sociais saem na frente! Sim, é muito mais fácil atingir seu público-alvo em uma campanha nas mídias sociais que nas mídias tradicionais. Você até pode escolher anunciar em uma mídia tradicional  baseado no público dela, mas nem assim você terá certeza de que  alcançará quem realmente interessa.

O público não tem opção nas mídias tradicionais, o anúncio está ali e ele será exposto, ele demonstrando interesse ou não. Já nas mídias sociais, o público é quem busca pelo anúncio, e este só chegará até ele se já houver um histórico de interesse.

Nas mídias sociais a assertividade é muito maior, pois há meios de classificar para quem que você irá aparecer de acordo com os interesses que aquela pessoa apresenta. O comportamento das pessoas na internet é o que irá ditar se ele é um potencial cliente ou não.

Feedback: Mídias Sociais 10 x 5 Mídias Tradicionais

O imediatismo da internet traz mais um ponto positivo para as mídias sociais. Somente nas mídias sociais é possível obter um feedback da campanha em tempo real. Logo após postar ou publicar algo, os internautas já podem compartilhar e comentar. Em questão de minutos já é possível ter uma ideia da receptividade do público.

Isso sem dúvidas é algo muito bom, porém há um ponto negativo, como a interação do público é imediata, é preciso acompanhar de perto os resultados. Pois se alguém não gostar e quiser replicar o que foi postado com comentários negativos, poderá fazer isso sem nenhum problema, aí cabe à sua equipe reverter a situação.

Os resultados das mídias tradicionais demoram mais tempo para aparecer, e se algo der errado no meio do caminho, as chances de concertar sem grandes  problemas é maior, por outro lado as reações do público em relação à campanha também demoram mais a aparecer, e se algo não estiver dentro do esperado o diagnóstico não será imediato.

E o vencedor do duelo foi o Facebook, juntamente com as demais mídias sociais! Não que as mídias tradicionais sejam dispensáveis, claro que elas são importantes e cumprem muito bem o seu papel. Mas que as mídias sociais chegaram trazendo grande mudança na forma de realizar o marketing e com muitas vantagens é inegável!

Ficou com alguma dúvida ou gostaria de fazer alguma observação sobre o tema? Deixe tudo nos comentários! E volte sempre para conferir as novidades!